7 ações importantes para prosperar a qualidade de vida no trabalho


Não é segredo para ninguém que a satisfação dos colaboradores influencia diretamente na produtividade da empresa. Não são só o salário e os benefícios financeiros que impactam a qualidade de vida no trabalho: outros fatores, tais como o bom relacionamento com a equipe e um ambiente seguro e que propicia o bem-estar, também são essenciais para deixar os funcionários felizes e motivados.

Neste post vamos conhecer 7 ações para promover a saúde e a segurança no ambiente laboral e, dessa forma, elevar a qualidade de vida no trabalho. Boa leitura!

1. Campanhas de saúde

A empresa deve oferecer periodicamente atividades preventivas e educativas envolvendo diferentes profissionais de saúde. Podem ser oferecidas palestras, consultas e aulas com médicos, dentistas, nutricionistas, fisioterapeutas e educadores físicos.

Além de detectar problemas precocemente, essas ações estimulam os colaboradores a se cuidarem mais.

2. Ginástica laboral

Os exercícios realizados no ambiente de trabalho ajudam na prevenção de problemas de saúde e estimulam a prática de atividades físicas fora da empresa. Além disso, a ginástica laboral contribui para o relacionamento entre os colegas, fortalecendo o trabalho em equipe.

Fazer pausas no trabalho para praticar a ginástica laboral promove, ainda, a redução do estresse, contribuindo para o bem-estar dos colaboradores no ambiente laboral.

3. Refeitórios corporativos

O refeitório corporativo deve ser um ambiente que permita aos colaboradores fazer breves interrupções no trabalho para se alimentarem sem necessitar recorrer ao lanches industrializados e pouco saudáveis.

Assim, esse deve ser um espaço que conte com equipamentos como fogão e microondas para que os colaboradores possam armazenar e preparar suas refeições de maneira equilibrada e saudável.

4. Treinamentos de segurança no trabalho

Os treinamentos em segurança buscam conscientizar os colaboradores sobre as maneiras mais seguras e apropriadas de executar suas tarefas. Assim, eles devem ser oferecidos não apenas para atender uma exigência legal, mas também para promover a redução no número de acidentes e demonstrar a valorização dos funcionários.

5. Análise ergonômica

A análise ergonômica permite projetar o ambiente de trabalho de forma a minimizar os riscos e reduzir o esforço necessário para desempenhar as tarefas. Com isso, a empresa previne futuros problemas de saúde relacionados, por exemplo, à postura e ao estresse dos colaboradores. Os acidentes são também evitados.

6. Auditorias comportamentais

Essa ação permite avaliar o comportamento espontâneo dos colaboradores em relação à segurança no trabalho. O resultado dessa análise pode ser debatido por meio dos Diálogos Diários de Segurança (DDS). Dessa forma, é possível valorizar o que está correto e melhorar os processos inseguros ou ineficientes.

7. Pesquisas de satisfação

Montar uma pesquisa de satisfação é essencial para conhecer o nível de contentamento dos colaboradores. Com isso a empresa pode adotar mudanças para garantir o bem-estar dos funcionários. Quando a equipe percebe que sua opinião importa, ela se sente valorizada e motivada a dar o melhor de si nas tarefas.

Tanto os funcionários quanto a empresa são beneficiados pelas ações aqui descritas. Elas levam à redução do absenteísmo, à diminuição do número de acidentes de trabalho, ao aumento da integração da equipe e à motivação dos colaboradores. Por isso, todos saem ganhando quando a qualidade de vida no trabalho é promovida.

Se você achou este post útil e quer continuar bem informado sobre outras ações e serviços para cultivar o bem-estar e a qualidade de vida dentro da empresa, assine a nossa newsletter e receba nossos conteúdos diretamente no seu e-mail!