Estratégia 9 – Ambulatório de fisioterapia dentro da empresa – Doze estratégias para redução do adoecimento osteomuscular relacionado o trabalho

Por Leonardo Rodrigues| Fisioterapeuta do trabalho e ergonomista

Dando continuidade à série de 12 estratégias para redução do adoecimento osteomuscular relacionado o trabalho com alta produtividade falaremos hoje sobre ambulatório de fisioterapia dentro da empresa.

Apesar de desconhecido da maioria dos empresários esta com certeza é uma das mais eficazes estratégias de combate ao adoecimento e ao aumento da produtividade com saúde dentro da instituição. No momento em que um funcionário queixa-se de dor ou desconforto é avaliado pelo médico e tratado pelo fisioterapeuta em tempo real, no mesmo dia em que iniciaram os sintomas. Esta avaliação e atuação extremamente precoce permitem que a lesão seja ainda tratada na fase aguda, o que reduz muito no tempo de tratamento. Outro fator imprescindível é que ao queixar-se o trabalho é avaliado ergonomicamente pelo fisioterapeuta do trabalho que é habilitado em relação ao estudo ergonômico do posto de trabalho. Conhecendo a provável causa, pode-se restringi-la durante o tratamento e ou inclusive efetuar melhorias para que outros colaboradores não adoeçam no futuro.

Para aqueles que tratam de doenças crônicas não relacionadas ao trabalho o ambulatório de fisioterapia na empresa reduz o custo e o tempo com deslocamento de funcionários à clinica de fisioterapia.

Os dados obtidos no ambulatório de fisioterapia da empresa possibilitam campanhas preventivas, atuações no sistema de produção, identificação dos riscos ocupacionais e demonstram em todos os aspectos, incluindo a valorização do funcionário e nos meios judiciais, que a empresa adotou medidas preventivas em prol do funcionário e do seu bem estar. É uma estratégia de resultados reais em que todos saem ganhando.

Fechar Menu
WhatsApp chat