Doze estratégias para redução do adoecimento osteomuscular na empresa – Estratégia 01 – Gestão de Ergonomia

Por Leonardo Rodrigues| Fisioteraupa do trabalho e ergonomista

Nos próximos posts, apresentaremos as 12 estratégias para redução do adoecimento osteomuscular na empresa relacionadas por Leonardo Rodrigues. Iniciamos com a GESTÃO DE ERGONOMIA na empresa e no ambiente de trabalho.

A gestão ergonômica na empresa visa padronizar e documentar o programa de ergonomia. Nesta visão o especialista em ergonomia participa da gestão do COERGO (comitê de ergonomia), das discussões sobre as melhorias, a implementação das mesmas e validação dos resultados obtidos. A empresa, os funcionários e o consultor especializado desenvolvem uma cultura de médio e longo prazo dentro da instituição tornando o trabalho conhecido, estudado e adaptado e com isto habilitando o desempenho de alto nível produtivo dentro das possibilidades de cada um com diminuto risco de adoecimento do individuo.
Mas afinal o que é ergonomia?

A origem da palavra vem de ERGOS (trabalho) e NOMOS (estuda das regras e normas). Ergonomia (ou Fatores Humanos como também é conhecida) é a disciplina científica que trata da compreensão das interações entre os seres humanos e outros elementos de um sistema, e a profissão que aplica teorias, princípios, dados e métodos, a projetos que visam otimizar o bem estar humano e a performance global dos sistemas. Os praticantes da Ergonomia, Ergonomistas contribuem para o planejamento, projeto e a avaliação de tarefas, postos de trabalho, produtos, ambientes e sistemas para torná-los compatíveis com as necessidades, habilidades e limitações das pessoas. De modo bem popular costuma-se dizer que ergonomia é adaptar o trabalho às pessoas de forma que elas possam desempenhá-lo de forma confortável e produtiva.

Fechar Menu