Funcionários felizes produzem mais e melhor: entenda!


Uma coisa é certa: funcionários felizes produzem mais e melhor do que uma equipe desmotivada ou que não tenha os estímulos corretos dentro do ambiente de trabalho para desenvolver todo o seu potencial.

Cada vez mais as grandes empresas estão apostando em proporcionar o bem-estar de seus colaboradores como forma de estimular uma melhor produção e otimização do tempo de trabalho.

Esse ambiente mais descontraído e voltado para a felicidade do time pode gerar diversos benefícios para as empresas. Neste post, nosso objetivo é deixar isso muito claro para você! Boa leitura!

Qual é a importância do bem-estar dos colaboradores?

O bem-estar dos colaboradores dentro do ambiente de trabalho está diretamente ligado à produtividade— funcionários que vivem sob pressão e têm que alcançar metas impossíveis tendem a produzir menos.

Adequar a qualidade de vida dos colaboradores ao ideal é possível por meio de ações realizadas pelas empresas. O objetivo aqui é aumentar a satisfação de um funcionário com seu ambiente de trabalho e a função desempenhada na organização.

Esse bem-estar impulsiona os colaboradores dentro da empresa, melhorando os resultados como um todo e trazendo pontos positivos — como a produtividade.

Com isso, investir em qualidade de vida para os funcionários nunca pode ser visto como um custo, mas como um investimento com retorno certo para a companhia.

O que afeta a qualidade de vida dos colaboradores?

Existem vários pontos que podem ser trabalhados dentro de uma organização para que se possa alcançar melhores níveis de satisfação e bem-estar dos colaboradores. Alguns deles são muito simples e geram ótimos resultados. Confira-os a seguir.

Saúde

É fundamental que o colaborador se sinta confortável durante suas atividades, evitando problemas de saúde que prejudiquem o seu desempenho diário. Atividades como ginástica laboral e a aquisição de mobília ergonômica podem ajudar.

Ambiente de trabalho

Você já ouviu falar em ambiente tóxico? É aquele lugar com uma sensação pesada e desconfortável, onde há gritos e desrespeito.

É preciso evitar esse tipo de situação ao máximo no ambiente laboral. Isso pode ser feito de várias formas, como a mediação de conflitos, a inserção de pausas para descanso e até mesmo a aquisição de jogos para descontração.

Oportunidades de carreira

Todos buscam o crescimento, e é preciso oferecer tais oportunidades aos colaboradores. Quem se destaca e está disposto a vestir a camisa da empresa deve ser reconhecido e ter acesso a chances de crescer na companhia.

Participação ativa

Ouvir o que cada um tem a dizer não é apenas uma forma de manter a participação ativa do time, mas pode ser uma ótima fonte de boas ideias e visões diferenciadas sobre um tema.

Autonomia

Outro ponto muito importante para o bem-estar dos colaboradores é a autonomia nas suas atividades, sem a necessidade de prestar contas continuamente a alguém.

Atividades colaborativas

Por fim, destacamos também a demanda por atividades colaborativas, que permitem que todos interajam entre si, mesmo não fazendo parte do mesmo setor.

Esse tipo de interação promove a integração entre todos os colaboradores e um senso de fazer parte de algo maior — o que auxilia também na retenção de talentos.

Funcionários felizes produzem mais?

A qualidade de vida no trabalho está intimamente ligada à produtividade dos colaboradores, mas também é fundamental para uma vida equilibrada.

Qualquer empresa, independentemente do seu ramo de atuação, tem no capital humano a sua força motriz, e desenvolver tal insumo é fundamental para romper barreiras no mundo corporativo.

O bem-estar é a chave para alcançar velhos desejos de todos os gestores, como sucesso, integração, comunicação, satisfação e produtividade.

Chegamos ao final deste texto e esperamos que tenha ficado claro que não apenas funcionários felizes produzem mais, mas que produzem melhor.

Não deixe de compartilhar este post com todos os seus amigos nas redes sociais para que eles tenham acesso a essas dicas!

Powered by Rock Convert

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *