Segurança do Trabalho: o que você precisa saber?


Diminuir os riscos de acidentes e promover um ambiente de trabalho seguro e saudável para os funcionários é uma cultura que deve ser cultivada por todas as empresas, indústrias e organizações. Nesse contexto, é papel do departamento de segurança do trabalho prezar por ações que protejam os colaboradores e que também beneficiem diretamente o negócio.

Se você ainda tem dúvidas sobre as vantagens ou tem medo de investir em medidas nesse setor, este artigo é para você! Continue conosco e confira as principais informações sobre segurança do trabalho. Saiba também como as ações nesse departamento podem mudar o rumo da sua empresa.

O que é segurança do trabalho?

Trata-se de uma ciência que estuda a ocorrência e formas de prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, tudo para proteger a saúde do trabalhador e garantir bem-estar e qualidade de vida.

Dentro das organizações, a segurança do trabalho é um departamento responsável por inserir procedimentos que previnem tais condições maléficas aos funcionários.

Quais são os benefícios de colocá-la em prática?

Em um primeiro momento, você pode pensar que os gastos com segurança do trabalho são um exagero e que podem até mesmo prejudicar os lucros da empresa. Porém, esse pensamento é muito equivocado.

Ao investir em medidas de segurança e proteção dos colaboradores, alguns benefícios diretos para a empresa são conquistados. Entre eles:

  • prevenção de multas: seguindo a legislação, a organização estará livre de penalidades por conta de irregularidades quanto à segurança do trabalho;

  • redução de faltas: com menos problemas de saúde, seus funcionários não precisarão se ausentar de suas funções, o que melhora também a produtividade do negócio;

  • diminuição de gastos com acidentes: como contratação de mão de obra temporária para ocupar o lugar do trabalhador acidentado e pagamento de indenizações;

  • aumento dos lucros: a consequência final ao aplicar medidas de segurança, que é acompanhada também pela valorização e melhoria da credibilidade da empresa.

Que normas regem a segurança do trabalho?

A segurança do trabalho é definida como Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), o qual é regulamentado pela Norma Regulamentadora nº 4 (NR-4), pelas convenções internacionais da Organização Internacional do Trabalho (OIT), além de outras leis e decretos específicos para cada tipo de empresa.

Segundo a NR-4, toda organização pública ou privada que tem empregados regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) tem a obrigatoriedade de implementar a segurança do trabalho. Ademais, as normas também descrevem as multas e penalidades, caso a empresa não cumpra as exigências. Portanto, não vacile!

Como otimizar esses processos na empresa?

Uma ótima dica é contar com uma ferramenta de gestão de risco. Com ela, o setor de segurança tem o apoio necessário para organizar e tirar do papel todas as demandas em ergonomia.

Assim, é possível criar missões para combater situações de risco, gerenciar tarefas e gerar relatórios, tudo de forma muito simples e funcional. Parece sonho, não é mesmo? Mas já é realidade. Experimente este recurso e mude a sua forma de lidar com a segurança do trabalho!

A segurança do trabalho é muito importante para proteger a saúde e a qualidade de vida dos seus funcionários. Por isso, não deixe de aplicar ações preventivas para minimizar riscos de acidentes e doenças: esse é o segredo para aumentar a sua produtividade, lucros e impulsionar a empresa no mercado. Para isso, procure uma boa ferramenta de gestão de risco e facilite o quotidiano do seu trabalho.

Você já sabe quais são as mudanças após a nova reforma trabalhista quando o assunto é segurança do trabalho? Aproveite que já está por aqui e leia o nosso artigo sobre o tema!

Powered by Rock Convert