Afinal, o que é ergonomia cognitiva e quais seus benefícios?


Se você precisa cuidar da saúde dos funcionários e garantir rendimento para a empresa, sabe que a ergonomia é uma importante área do conhecimento que estuda a relação entre o indivíduo e o ambiente de trabalho, visando melhorar sua atuação de modo saudável. Mas, mais especificamente, o que é ergonomia cognitiva?

Para que os funcionários se desenvolvam melhor no plano pessoal e também como colaboradores de uma empresa, é fundamental garantir técnicas ergonômicas eficazes que assegurem seu bem-estar em todos os níveis, como o físico e o cognitivo.

Por isso, vamos explicar, neste artigo, o conceito de ergonomia cognitiva, sua importância no ambiente de trabalho e os benefícios para a qualidade de vida dos funcionários. Confira!

O que é ergonomia cognitiva?

Trata-se de uma das três áreas da ergonomia, cada uma com ênfase em um aspecto do indivíduo. Existem a ergonomia física (que se ocupa da saúde física e psicológica dos funcionários) e a organizacional (que relaciona o bem-estar do indivíduo com a cultura, a política e a comunicação organizacionais).

A cognitiva, por sua vez, aborda os aspectos mentais, emocionais e psicomotores do trabalhador. Tem a ver com o processamento de informações no contexto de execução de tarefas e resolução de problemas dentro da corporação. Nesse sentido, está ligada à percepção, atenção, memória e tomada de decisões.

A saúde cognitiva dos trabalhadores garante maior satisfação individual e motivação profissional. E, além da melhora na relação do indivíduo com as máquinas, há melhora no relacionamento entre todos os colaboradores.

Isso age positivamente na qualidade de vida do indivíduo, bem como na performance de toda a equipe, que se sente valorizada e comprometida com os objetivos da empresa.

Quais os principais benefícios?

Veja como a ergonomia cognitiva ajuda os colaboradores e a empresa!

Melhoria das funções cognitivas

Naturalmente, esse ramo da ergonomia melhora os aspectos relacionados à cognição do ser humano. Possibilita melhor percepção dos estímulos ambientais, contribuindo para conscientização do processo das atividades executadas e maior capacidade de análise e avaliação de resultados.

Também aumenta a memória e a concentração, permitindo melhor aprendizagem e maior absorção do conhecimento. Além disso, o aumento da atenção contribui para que o indivíduo apresente um raciocínio rápido, habilidade importante para a resolução de problemas no cotidiano do trabalho.

Mais qualidade de vida

A ergonomia cognitiva visa diminuir os elementos de estresse no trabalho e o cansaço mental dos funcionários para garantir uma equipe satisfeita com o que faz. Assim, proporciona maior conforto, ameniza dores e problemas emocionais — como depressão, ansiedade e alterações de humor —, além de reduzir custos para a empresa com a boa saúde do trabalhador.

Um ambiente corporativo saudável permite ao funcionário desenvolver suas funções com bem-estar e satisfação. Sentindo-se bem, o colaborador fica mais motivado para realizar as suas tarefas com empenho e dedicação, além de se sentir mais realizado profissionalmente.

Aumento da produtividade

Já nos anos 60, os estudos na área verificaram a ligação entre desempenho, uso de máquinas e ergonomia cognitiva. Com as técnicas ergonômicas, os funcionários apresentam melhor desempenho e menos erros e falhas. Isso contribui para que cumpram metas e aumentem a produtividade, sem prejudicar a qualidade de vida.

Com isso, o colaborador trabalha com eficiência e traz melhores resultados para empresa. E, ainda, trabalhando com satisfação e melhor performance, sua autoestima é elevada. Isso é fundamental para adquirir confiança e ser mais assertivo nos processos de tomada de decisão e participação, quando necessário.

Diminuição da rotatividade

Com a satisfação e a qualidade de vida garantidas pela ergonomia cognitiva, a rotatividade dos funcionários diminui, assim como as demissões e as faltas. Com isso, é possível não apenas contar com a presença dos colaboradores, mas fazê-los sentir parte da equipe por se sentirem bem na empresa.

Como você pode notar, é essencial implementar os conceitos desse ramo da ergonomia, uma vez que garantem melhores resultados para a organização e, ao mesmo tempo, melhor qualidade de vida para o funcionário.

Se o artigo foi útil para você, compartilhe em suas redes sociais! Divulgue o que é ergonomia cognitiva e sua importância!

Powered by Rock Convert