A influência do sono sobre o seu desempenho no trabalho


Quem nunca sentiu os efeitos de uma noite mal dormida? Cansaço, irritabilidade, queda de produtividade e raciocínio lento são apenas alguns dos sintomas de sono no trabalho.

Você sabia que o seu trabalho e a sua saúde podem ficar comprometidos por dormir mal? Descubra agora a influência direta do seu sono, que vai muito além de não conseguir permanecer com os olhos abertos!

Afinal, dormir adequadamente é essencial para manter a qualidade de vida, alcançar os melhores resultados profissionais e aumentar a longevidade.

O que é o sono

Todo corpo precisa de um repouso, e a essa pausa chamamos de sono, período em que o corpo e a mente se desligam.

O sono é dividido em fases:

  • Fase 1 – quando o sono é induzido e sentimos sonolência — nesse momento, a melatonina é liberada.
  • Fase 2 – a temperatura corporal é reduzida, assim como os ritmos cardíacos e respiratórios — é nessa fase que já estamos em um sono leve e com os músculos relaxados.
  • Fase 3 e 4 – com o pico de liberação da leptina e do GH, entramos em um sono profundo — no geral, essa fase ocorre mais no início da manhã.
  • Sono REM – essa sigla em inglês significa um acelerado movimento dos olhos, pois é nesse momento que se normalizam as frequências respiratórias e cardíacas e acontecem os sonhos e o pico da atividade cerebral.

Segundo estudo realizado na Universidade de Chicago, quando pessoas jovens são restritas a um bom sono durante alguns dias, o funcionamento de seus organismos pode ser comparado ao de uma pessoa mais velha.

Para esse estudo, 11 jovens entre 18 e 27 anos foram proibidos de dormir mais de 4 horas durante 6 dias consecutivos. No final, os níveis de insulina dos participantes eram iguais aos dos portadores de diabetes e o funcionamento de seus organismos era semelhante ao de uma pessoa com mais de 60 anos.

O mais indicado é reservar cerca de 8 horas a cada 24 horas para que o organismo realize todas as funções determinadas: descanso da musculatura, liberação de hormônios, consolidação da memória, secreção, fortalecimento do sistema imunológico e outros processos indispensáveis para a saúde do corpo.

Problemas que o sono traz no trabalho

1. Aumenta os afastamentos e atestados

Segundo estudo publicado na famosa revista Sleep, trabalhadores que dormem menos de 5 ou mais de 10 horas ficam doentes entre 4 a 9 dias a mais que os outros.

2. Diminui a produtividade e causa prejuízos à empresa

Funcionários que sofrem com algum tipo de insônia, seja ter dificuldades em adormecer ou acordar várias vezes, são sinônimos de prejuízos para a empresa em que trabalham.

Essa premissa surgiu após um estudo de Harvard, divulgado pelo site Health.com e, segundo os pesquisadores, mais de $ 63 bilhões de dólares são perdidos na economia dos Estados Unidos, pois esses trabalhadores custam aproximadamente 8 dias de produtividade no trabalho ao ano.

3. Reduz a capacidade mental

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Michigan, uma boa noite de sono é capaz de melhorar a capacidade de memória do funcionário, o que facilita a tomada de decisões, compreensão, entendimento de leitura e a resolução de problemas e desafios.

4. Dificulta o relacionamento entre os colegas de trabalho

Outro problema que as pessoas que dormem mal enfrentam é a dificuldade em se relacionar com os colegas de trabalho.

Segundo o Centro de Estudos do Sono, da Universidade de Glasgow, esse pilar primordial para o bem-estar dos funcionários é totalmente comprometido após uma noite mal dormida.

Para evitar esses e outros problemas na empresa, vale a pena solicitar uma análise ergonômica e incentivar boas práticas de sono por meio da equipe do RH.

Dicas para um bom sono e para ser feliz no trabalho

  1. Durma em um local confortável, escuro, silencioso e fresco.
  2. Tenha rituais antes de dormir: oração, meditação ou um banho quente, por exemplo.
  3. Se acordar de madrugada, não olhe o relógio!
  4. Pratique atividades físicas, de preferência duas horas antes de dormir.
  5. Opte por refeições leves a noite, pois uma digestão difícil impede o sono.

Que tal compartilhar este post nas redes sociais e informar mais pessoas sobre o sono no trabalho?