Como cuidar da saúde dos funcionários pode reduzir custos


O cuidado com a saúde do colaborador não deve ser visto como um gasto a mais para a empresa, e sim como um investimento cujo retorno é garantido e pode até mesmo reduzir custos.

Oferecer incentivos como ginástica laboral e palestras na rotina da empresa, contratar um bom plano de saúde, orientar para que os colaboradores tenham uma boa alimentação, entre outras questões, é um grande diferencial para reduzir custos.

Para saber mais sobre a importância de investir na qualidade de vida dos funcionários da sua empresa e saber como fazer isso, continue a leitura!

Entenda a importância de cuidar da saúde dos funcionários

Ao oferecer condições de prevenção aos colaboradores, eles naturalmente se sentirão mais confiantes e começarão a executar as tarefas com mais empenho. As empresas devem estar atentas às avaliações de ambiente de trabalho. Existem alguns recursos preventivos, como a análise ergonômica, que não devem ser ignorados.

Lembre-se de que a prevenção de doenças envolve medidas simples que, quando usadas de maneira correta, podem salvar muitos trabalhadores de diversos problemas de saúde.

Separamos para você 3 dicas de como cuidar da saúde dos funcionários e, desse modo, reduzir custos na sua empresa.

1. Invista na qualidade de vida e na prevenção de doenças

A execução de programas de qualidade de vida e prevenção de doenças é uma prática importante para ter funcionários mais saudáveis e assim, reduzir custos com afastamentos.

Patrocinar a ginástica laboral na empresa e propiciar um melhor conforto (ergonomia) aos postos de trabalho dos funcionários ajuda a diminuir consideravelmente as doenças por lesões por esforço repetitivo.

Neste sentido, é importante incentivar programas de vacinação para os colaboradores, a prática de atividades físicas, adotar programas de alimentação saudável e de prevenção de doenças virais e transmissíveis.

Ações para ajudar os funcionários a abandonar práticas ruins, como o consumo do tabaco também são importantes para a manutenção da saúde dos colaboradores.

Essas ações reduzem ainda o uso do plano de saúde, o absenteísmo no trabalho (faltas) e o afastamento temporário por doenças, o que acaba resultando em maior redução de custos para a empresa.

2. Aposte na valorização do ambiente de trabalho

Um colaborador saudável tem mais chances de se sentir satisfeito em todos os aspectos da vida, inclusive no profissional.

Assim, investir na saúde do colaborador melhora muito a produtividade do funcionário, que passa a valorizar mais seu ambiente de trabalho e a participar melhor das atividades para as quais é designado.

Se os benefícios oferecidos pela empresa puderem ser ampliados para a família, melhor ainda! Desse modo, o sentimento de pertencimento fortalece o vínculo com a empresa, o que colabora para a diminuição da rotatividade (turnover).

3. Invista numa alimentação saudável

A alimentação também é um fator importantíssimo para a boa saúde do trabalhador. Nesse sentido, fornecer ticket alimentação, cesta básica, ou mesmo uma sala para que os funcionários possam fazer uma refeição tranquila garante colaboradores mais felizes e dispostos.

Caso a empresa seja inscrita no PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador), o valor investido pode ser debitado no Imposto de Renda. No caso de alimentação na empresa, contar com a ajuda de uma nutricionista ajuda a equilibrar a alimentação dos colaboradores para que eles tenham refeições mais saudáveis ao longo do dia.

Mesmo que, a princípio, esses investimentos possam parecer grandes, eles evitam desperdícios financeiros no futuro, como a perda de produtividade, afastamento por doenças, faltas ao trabalho e até mesmo custos com novas contratações e treinamentos.

Desse modo, fica claro que investir na prevenção de doenças ajuda a reduzir custos e a manter a empresa mais produtiva.

Gostou dessas 3 dicas de como cuidar da saúde dos funcionários pode reduzir custos? Deixe seu comentário nos contando o que achou!